O MÉTODO PILATES: uma revisão bibliográfica

Blog de projetosaudebh2011 :Projeto Saúde - Acupuntura / Quiropraxia / Pedras Quentes, O MÉTODO PILATES: uma revisão bibliográfica

RESUMO
O Método Pilates surge com uma proposta de proporcionar aumento da força muscular, equilíbrio da musculatura, realinhamento da postura, ganho de estabilidade, desenvolvimento da consciência corporal, ganho de flexibilidade e resistência, com a atenção direcionada em manter as curvaturas fisiológicas do corpo, tendo o abdômen como o centro de força. Os exercícios são compostos por contrações isotônicas, concêntricas e excêntricas, principalmente isométricas. A maioria dos exercícios são executados na posição supina, possibilitando a diminuição dos impactos nas articulações de sustentação do corpo e principalmente na coluna vertebral, permitindo a recuperação das estruturas musculares, articulares e ligamentares. Os exercícios do nível básico incluem programas que fortalecem a musculatura abdominal e páravertebral, proporcionando flexibilidade à coluna, além de exercícios globais. O nível intermediário e avançado é composto por exercícios de extensão do tronco, procurando aprimorar a relação de equilíbrio entre agonistas e antagonistas. Esta revisão teve como objetivo reunir, avaliar e conduzir os resultados de estudos anteriores, demonstrando as aplicações, indicações e benefícios, contra-indicações e riscos do uso do Método Pilates. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura, qualitativa e exploratória, baseada em artigos científicos contidos nos bancos de dados disponíveis na Biblioteca Virtual em Saúde, (BVS), nas fontes: LILACS, SCIELO e MEDLINE em um período de 1997 a 2010, com seleção de artigos do ano 2003 a 2010, utilizando a palavra Pilates como termo de procura. Em
complemento à revisão, livros especializados na área também foram utilizados. As indicações são muitas, podendo ser aplicado em diversas modalidades, como em gestantes, idosos, e atletas; pacientes portadores de
síndromes como fibromialgia, autismo e doenças reumatológicas; bem como em diversos problemas ortopédicos, como diminuição de flexibilidade, lombalgias e hérnias de disco; em pós-operatórios, como nas mastectomias, artroplastias de quadril e joelho. Maior que as contra-indicações são os cuidados que devem ser tomados ao se realizarem os exercícios em grupos específicos, como: gestantes, idosos, pós-operatórios e hérnias-discais. Enfatizando que, os exercícios do Pilates podem ser feitos no ritmo do paciente e com progressão proporcional ao desempenho apresentado. Diante dos resultados encontrados, concluímos que o Método Pilates pode ser direcionado para a reabilitação como para a promoção de saúde de diferentes
populações e disfunções, considerando que os princípios do Método e as condições individuais devem ser respeitadas. Contudo observamos a importância de aprofundamentos sobre os aspectos funcionais do Método
Pilates, com a necessidade de um número maior de pesquisas, abordando mais variáveis e com maiores amostras.

Referência: Vargas A O. Souza F L D. Matias M C G. O MÉTODO PILATES: uma revisão bibliográfica. xr2.com.br/fisioterapia/pdf/PE0902.pdf.

Pilates. Exercícios. Reabilitação.

terça 24 janeiro 2012 13:46



Nenhum comentário O MÉTODO PILATES: uma revisão bibliográfica



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.211.230.186) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para projetosaudebh2011

Precisa estar conectado para adicionar projetosaudebh2011 para os seus amigos

 
Criar um blog